quarta-feira, 5 de abril de 2017

Unity e Mir estão mortos

Ubuntu Unity is dead: Desktop will switch back to GNOME next year (Ars Technica)

Vão para a cova ao lado da ocupada pelo Upstart. Que descansem em paz. GNOME + Wayland a partir do Ubuntu 18.04 LTS.

Visto que são projetos cobertos por CLA, não é de estranhar que tenham morrido...

A divisão desnecessária causada pelo Mir tem um fim com esse anúncio. Tivesse a Canonical não despejado FUD sobre o Wayland quando iniciou sua aventura solo sem apoio comunitário, talvez hoje tivéssemos o protocolo Wayland em estágio de desenvolvimento mais avançado bem como melhores compositores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário